03 janeiro 2010

2000 - 2009 pt 2

Os dez mais da década são então, para mim, estes :

10 - Radiohead - Amnesiac - 2001

Devia ter saido logo junto com 'Kid A' e juntos seriam de longe a melhor obra dos Radiohead. Uma das bandas da decada, para muitos a melhor, entraram na decada empurrados pelo sucesso comercial e critico de 'Ok Computer' e viraram as regras do avesso ao arriscarem uma mudança radical nas suas cordenadas abraçando a electronica de bleeps e cuts. 'Dollars and Cents' continua a ser das minhas preferidas.

09 - Animal Collective - Merryweather Post Pavillion - 2009

Começaram em 2000 e ainda não abrandaram. 8 Albuns e mais uns quantos eps, um deles a terminar 2009, com algum material a fazer crer que o melhor deles esta ainda para vir. Para já este é o melhor deles e é muito bom.

08 - Primal Scream - Xtrmntr - 2000

Quando 'Xtrmntr' foi lançado já tinham 15 anos de carreira e nove anos tinham passado sobre a obra-prima 'Screamadelica'. Decidem então embarcar numa nova viragem de som, que antecipa grande parte do que a febre electro que se seguiu na decada andou a tentar fazer sem o conseguir com resultados tão bons. Uma banda de culto.

07 - Lcd Soundsystem - Sound Of Silver - 2007

James Murphy continua a sua aventura pelos suspeitos sons disco e faz uma obra magnifica. Contem 'All My Friends', uma faixa intemporal, que sozinha merecia a chamada ao top.

06 - Arctic Monkeys - Whatever People Say I Am, That's What I'm Not - 2006

Uma grande surpresa que se tem revelado uma certeza o talento de Alex Turner para a escrita de canções. Não é que nunca mais tenha chegado a este nivel mas a surpresa de ouvir 'I Bet You Look Good on the Dancefloor' , 'Fake Tales of San Francisco' ou a sublime 'A Certain Romance' não se consegue repetir. Um talento a seguir ja em Fevereiro no Coliseu.

05 - The Streets - Original Pirate Material - 2002

Mike Skinner, cerebro do projecto gosta de 'roach a spliff watching tv', jogar playstation, é um miudo de cidade, que a observa e tenta perceber. Um como eu em 2002. Um como muitos.
Mas este fez esta peça, um dos mais honestos e directos manifestos sobre a vida actual. Um album que pega nos sons urbanos ingleses e os leva para outros niveis. Chamaram-lhe erradamente grime, como antes trip-hop aos Massive Attack, Tricky ou Portishead. É apenas grande musica.

04 - Dizzee Rascal - Boy In Da Corner - 2003

Este sim, um dos porta-estandartes do movimento grime ingles, mas um que joga apenas com as suas regras como o mostram as recentes opções de fazer musicas para pistas de dança, algo impensavel para quem ouvia este album furioso em que Dizzee se revela o mc mais creativo da decada cuspindo em todas as direcções. Feito com 18 anos e com metodos não muito acima do rudimentar consegue ser totalmento inventivo tambem em termos sonoros, antecipando por exemplo parte do som dubstep ou das misturas sonoras operadas por gente como M.I.A., Diplo, Switch ou em Portugal os Buraka Som Sistema ou Macacos do Chines.

03 - Lcd Soundsystem - Lcd Soundsystem - 2005

Não será melhor obra que 'Sound of Silver' em termos de união, mas o facto de ter saido primeiro e de conter um 2ºcd que continha os singles anteriores como' Losing My Edge' ou 'Yeah' juntando--as a 'Tribulations' ou 'On Repeat' do album propriamente dito ditou a minha escolha. Ainda espero muito deste senhor.

02 - Radiohead - Kid A - 2000

Valido tudo o que disse para 'Amnesiac' para esta obra ambiciosa. Tudo e ainda que este saiu um ano antes e foi surprendente ouvir logo a abrir 'Everything in it's Right Place' e verificar que tudo estava afinal mudado no mundo de Tom Yorke e companhia.
Além disso e muito mais há 'Idioteque' talvez a melhor maneira de ainda hoje ilustrar esta decada.

01 - The Strokes - Is This It - 2001

O facto de ter sido o album que mais vezes ouvi na decada contribuiu.
Ter pouco mais de meia hora e nenhum ponto baixo tambem.
Tiradas de Julian Casablancas como ' You say you wanna stand by myside/darling your head's not right' tambem.
Ser rock do melhor de sempre, e ter-me voltado a fazer querer ouvir rock tambem.
Te-los visto ao vivo e constatar que são fantasticos tambem.
Mas principalmente foram 'Modern Age', 'Barely Legal', 'Someday', 'Last Nite', 'Hard to Explain' ou 'Take It or Leave It'.
Até a certeza que nunca serão assim tão bons assim outra vez. Depois de 'This Is It' como de outros albuns aqui a musica mudou, evoluiu. Mesmo que o som não traga nada de muito novo, como é o caso, quando a perfeição é atingida o nivel de exigência de todos aumenta e isso só pode ser bom.
Um daqueles para levar para a ilha deserta...

Feliz 2010 a todos os bons meninos.(www.sobonsmeninos.blogspot.com)

1 comments:

Skinny disse...

Interessante a escolha do top 10. Na opinião, e apesar do álbum dos The strokes ser de alta qualidade, o Kid A merecia estar a frente... mas isso também sou eu que sou completamente colado nos Radiohead :P