02 abril 2008

Divagações E Sim, Um Bocadinho De Musica...

Antes de falar de musica algumas notas sobre o mais polemico post de sempre da estante, cortesia do primeiro senhor a assinar com pseudonimo aqui, Crystal Rat. Ao que parece o senhor ficou deveras irritado com a plateia no concerto dos Portishead em Lisboa, ao ponto de nem ser facil perceber se gostou afinal ou não do concerto...Não estava em Lisboa para ver, mas ja vi muitos concertos em Lisboa ( o centralismo assim obriga...) e vi o concerto do Porto e em parte concordo. Mas tambem sei ver que estavamos a falar de um concerto de uma banda qua não tocava ha dez anos e que diz, ao que parece, muito ao publico portugues. Não serve de desculpa, mas ajuda a explicar tanto berrinho, tanta palma. Ainda gostamos e muito de Portishead, não foi uma moda.
Não gosto que cantem ao meu lado nos concertos se for alto, mas há concertos e concertos. Se é verdade que a meio de 'Glory Box' ninguem quer ouvir cantar sem ser a voz do palco, quando este ano tiver o prazer de ver pela primeira vez Rage Against The Machine não me incomodo e talvez ate eu solte um 'Fuck you I won't do what you tell me!', da mesma maneira que em concertos rock varias são as bandas que incitam as palmas sincronizadas da audiencia desde os velhinhos Metallica ate por exemplo e para falar so de bandas que ja vi, os Franz Ferdinand.
Depois o publico portugues...bem ha varios exemplos de relações especiais entre publico nacional e artistas que falam por si ( dEUS, Morphine, Nick Cave, Placebo, Pearl Jam, Smashing Pumpkins...) e mais uma vez falando apenas do que vi posso referir os dois concertos que vi o ano passado de Artic Monkeys, primeiro em Lisboa depois em Vigo para dizer que gostei muito mais do publico no primeiro, e a banda tambem, era visivel na sua expressão, o que levou ate que os espanhois ouvissem algumas bocas semi azedas de Alex.
Depois a questão encore... bem os encores serão sempre polemicos...Para o Crystal Rat são uma forma de agradecer ao publico...será?O alinhamento de Lisboa e Porto foi o mesmo, pela mesma ordem...nenhum dos publicos mereceu mais?Talvez, mas então e os Strokes que so ao fim de anos passaram a fazer encores e sempre so um, não gostam de publico nehum? Ou os Artic Monkeys que em toda a sua ultima digressão so por uma vez fizeram, por poderem contar com Dizzee Rascal que havia actuado antes tambem? E em relação as luzes acesas, apenas um episodio. Concerto de dEUS no Hard Club, primeiro na cidade do Porto, ja depois de Tom Barman ter resgatado um stage diver empurrado pelos seguranças para o chão, parando a musica, o final do concerto. Dois encores, o segundo bastante longo. Luzes acesas, roadies desmontam o palco. Publico não arreda pe, histeria (aqui sim...) colectiva, mas nada de bailaricos que tambem não gosto e não estamos aqui a falar de Marantes nem de Shakiras que quem ouve isso não ouve Portishead ou dEUS, e eis que Tom Barman e Klaas aparecem, munidos so de instrumentos acusticos para uma ultima musica de despedida.Se calhar poucos ouviram este violino assim....Mas isto não tem nada a ver com o progresso do pais nem o benfica não ser campeão...Temos coisas boas e outras mas como todos os outros. E já agora vou falar de musica...

...Nacional!Hip Hop pois claro!2008 parece ser mais um ano de conquista para o hip hop portugues e ha coisas novas para ouvir... depois de um surpreendente Halloween em 2007, regressa agora Regula com uma mix-tape 'Kara Davis' com participações de peso como Sam the Kid, que tambem re-edita 'Practica(Mente)', com cd extra de bonus, vale a pena se não tiverem, é o melhor album de hip hop portugues de sempre. Outros valores prometem regresso. No final do ano Valete, o mais politico de todos os rappers portugueses, ironicamente mediatico agora que fez uma canção sobre Paulo Bento do seu Sporting...e tambem o grande colectivo nortenho Dealema de Maze, Expião, Guze, Mundo e o grande Fuse regressa com 'V Imperio' ao que parece ja em Abril. Bota Sentido!
E já que falei dos outros dois, Porto campeão outra vez, ja esta semana!

1 comentários:

Preguiça disse...

obviamente tens razão em tudo o que dizes,

quanto aos encores acho mesmo muito esquisito existir uma opinião que não seja igual à tua.

quanto ao ipópe ... é pá ... isso já não sei