02 junho 2007

O chilrear de Andrew

Já há muito que não escrevia no blogue, peço desculpa às três, quatro (já na loucura) pessoas que lêem o que escrevo. Para esses, prometo que tal interregno tão prolongado não voltará a suceder.

Retomo a minha participação com o músico e compositor Andrew Bird. Assisti ontem à sua actuação no bonito teatro circo em Braga, onde veio apresentar o seu mais recente álbum, "Armchair Apocrypha", com a presença também da banda que o tem acompanhado.
Confirmou tudo o que antes suspeitava: o seu virtuosismo no violino, a sua entrega vocal, e um assobio de arrepiar! O instrumento "assobio" é usado na perfeição, atingindo notas por mim jamais ouvidas num assobio, exponenciando a grandiloquência que caracteriza o seu estilo. A sua actuação fica marcada indubitavelmente pelo seu "chilrear", mas também pela composição e construção das suas músicas, um pouco à Final Fantasy, ou melhor Final Fantasy um pouco à Andrew Bird.

Deixo-vos com um vídeo da A Nervous Tic Motion of the Head to the Left, numa actuação ao vivo:


0 comentários: