29 outubro 2006

murcof "remembranza" (2005)


Acordei num dia radioso, o verão de S. Martinho está ai! Instantaneamente faço planos na minha cabeça para o decorrer do dia. Vou à varanda e debruço-me sobre a rua, sinto a brisa amena na minha pele e uma sensação agradável de calor invade-me enquanto que o cheiro a café acabado de fazer me desperta um pouco mais. Procuro uma banda sonora a condizer, "um jazz caia bem", penso para mim. Corro Erik Truffaz e Esbjorn Svensson Trio alternadamente. É mesmo isto, digo, vou postar Erik Truffaz. Infelizmente não encontrei uma amostra decente da música dele para vos mostrar, mas enquanto procurava deparei-me com o senhor Fernando Corona a.k.a. Murcof. Corona nasceu em 1970 na cidade de Tijuana (México). O seu repertório baseia-se em sons electrónicos, minimalistas, experimentais, ambientais com laivos de jazz. Ideal para um acordar lento numa manhã como esta. Deixo-vos com imagens e sons do festival de jazz de Montreux 2006, em que Murcof se faz acompanhar de Talvin Singh (percursão e voz) e Erik Truffaz (trompete), na faixa "rios". São 10 minutos de um lento e agradável despertar.


Para quem gostou deixo mais um video que me surpreendeu pela história que conta, o modo como é contada e ainda a ligação desta com a música. Uma prova que não é preciso mundos e fundos para realizar um excelente videoclip, fazendo lembrar o "unfinished sympathy" dos massive attack.

0 comentários: